Notícias

Gauchão: Arbitragem comete sérios erros e prejudica resultado de jogo em Lajeado

16 março 2015, às 00h

Uma sequência de vários erros tirou pontos do Alviazul, segundo a diretoria do Clube.

A noite deste domingo tinha tudo para ser uma noite que faria o torcedor do Lajeadense sorrir. Vindo de duas rodadas com vitória, os comandados de Luiz Carlos Winck esperavam entrar em campo e buscar a vitória para o Alviazul, garantindo a vaga no G4. Porém, logo nos primeiros minutos pode se perceber que seria um jogo difícil e com uma arbitragem tendenciosa. O alviazul é hoje o oitavo colocado do Estadual com 17 pontos, mas se somasse os 03 pontos do jogo de hoje teria 19 e ocuparia a 4ª colocação no geral.

Além de não marcar uma penalidade máxima cometida contra o atacante Ramon quando o jogo estava 1 a 0, o que poderia ter definido o resultado do jogo, ainda não deu cartão amarelo numa falta cometida pelo zagueiro do São José, sabendo que o atleta já possuía cartão amarelo deixando de expulsá-lo.

Ao final do jogo, torcedores indignados protestaram pela má atuação da arbitragem e houve tumulto. Mario Dutra, presidente do clube, ressaltou que, “o Clube Esportivo Lajeadense não compactua com atos de violência e repudia tais atitudes. Mas como torcedor que sou, entendo a revolta dos que estavam presentes. É nítido o desconforto dessa arbitragem para apitar jogos diante do São José. Infelizmente, a má atuação da arbitragem hoje no jogo nos prejudicou, poderíamos ter somado mais 3 pontos na tabela. Tomaremos a medidas cabíveis quanto ao ocorrido hoje e ingressaremos junto a Federação Gaúcha de Futebol”.

Indignado com a postura do árbitro em campo, ao final da partida o técnico Luiz Carlos Winck protestou. “É um absurdo o que aconteceu na noite de hoje. Há vários jogos que estamos sendo prejudicados dentro de casa e nenhuma atitude foi tomada quanto à arbitragem. São muitos erros e que prejudicam nosso trabalho. Se hoje não tivesse ocorrido tantas falhas, teríamos garantido mais três pontos. É lamentável o que aconteceu”.

 

Nada acontece

Estes árbitros erraram, erram e vão continuar errando sem nada acontecer na escala de arbitragem das partidas. A Comissão estadual de arbitragem dá condições para eles se aperfeiçoarem com treinos teóricos, práticos, físicos periodicamente, mas a incompetência dos mesmos é maior e ainda assim não são punidos pela Comissão.

 

Fonte: Marketing | CE Lajeadense

Patrocinadores