Notícias

Era para ser diferente, mas não deu!

17 abril 2015, às 00h

Era para ser diferente, mas não deu!

 

Ontem (16), o Lajeadense precisava de apenas um empate para continuar na competição, vantagem obtida em casa no dia 18 de março, quando venceu o Bragantino por 2 a 1. Porém, quis o destino que, na noite desta quarta-feira, o último representante do interior do Rio Grande do Sul na Copa do Brasil, fosse eliminado. O alviazul perdeu para o Bragantino por 1 a 0 e deu adeus a competição nacional.

Com um primeiro tempo equilibrado, o time de Luiz Carlos Winck lutou, jogou de igual para igual com os donos da casa. Foi um primeiro tempo que tinha tudo para terminar diferente, o alviazul trocou passes, manteve a posse de bola e marcou firme, sem qualquer perigo. Aos 44 minutos do primeiro tempo, para deixar o torcedor alviazul com o coração na mão e cheio de esperança, Marcio Goiano entrou na área pela esquerda, chutou cruzado e por pouco, não abre o placar para o alviazul. Porém, sem gols para ambas as equipes, terminou a primeira etapa.


O jogo recomeçou e tudo parecia igual. O alviazul mantinha o resultado favorável e o Bragantino, lutava pelo gol que precisava para continuar na competição. Aos 19 minutos do segundo tempo, Pará arriscou de longe, Luiz Müller defendeu, espalmando a bola para o meio da área e João Vitor, aproveitou a chance para marcar o gol de cabeça.

O Lajeadense partiu para o ataque e buscou reverter o resultado, mas não conseguiu. Com o resultado, o Alviazul está fora da Copa do Brasil e foca agora na Série D, com pretensões de buscar uma vaga na Série C.

 

Foto: Edinho Nicolau (Assessoria Bragantino)
 

Patrocinadores