Notícias

Em busca de resultado positivo

28 fevereiro 2015, às 00h

Depois do jogo contra o Brasil de Pelotas, os atletas do alviazul tiveram uma pausa para recarregar as baterias e relaxar os músculos. A famosa expressão “sombra e água fresca” é algo desconhecido para atletas que disputam o Gauchão. Competição que inicia em fevereiro e vai até meados de abril, acontece em pleno verão e por aqui em Lajeado, o calor tem sido rigoroso. Com sol e muito calor, o campeonato gaúcho exige muito dos atletas, seja tática ou fisicamente, e no calendário, os jogos acontecem a cada 03 dias, sempre com confrontos difíceis e muito truncados que somente em boa forma física, para aguentar os 90 minutos.

Após sete rodadas, os atletas tiveram pausa de uma semana nos jogos para dar aquela relaxada na musculatura, mas nos bastidores, a preparação continuou, pois pela frente teremos confrontos complexos que exigiram muito mais da equipe. Com 10 pontos conquistados e ocupando a nona colocação na tabela, o Lajeadense vai em busca da recuperação neste domingo em Caxias, diante do Juventude. Para o técnico Luiz Carlos Winck, “o campeonato gaúcho ficou mais difícil de classificar com a nova fórmula e aumentou a probabilidade de rebaixamento, é uma disputa mais acirrada e a recuperação é importante para nós neste momento. A equipe vem crescendo a cada jogo e mostrado espírito de gauchão, a prova foi na última partida contra o Brasil de Pelotas, onde tivemos um empate e o que precisamos agora é manter esse ritmo”.

O clube que, teve um contra tempo devido a uma marcação errada do árbitro Roger Goulart, que apitou a partida entre o Alviazul e o Brasil, no fim de semana passado e atribuiu ao lateral Thiago Machado um cartão amarelo que, na verdade tinha sido mostrado para o meia Vinícius. Dessa forma, Thiago estaria suspenso, por ser esta a terceira advertência no campeonato. Porém, o departamento de futebol do clube interviu rapidamente e conseguiu reverter a situação ao enviar o vídeo do jogo à Federação Gaúcha de Futebol.

No entanto, uma notícia nada agradável veio do Departamento Médico do clube. O volante Marabá, que foi substituído durante a partida com o Brasil de Pelotas, teve confirmada uma lesão muscular e ficará em tratamento por aproximadamente 10 dias. Sendo assim, não estará em campo no domingo contra o Juventude. Quem substituirá Marabá, por enquanto, somente o técnico Luiz Carlos Winck sabe.

 

Fonte: Marketing | CE Lajeadense

 

 

 

Patrocinadores